Violeta de Outono EP + bonus

by Violeta de Outono

supported by
/
1.
03:20
2.
04:18
3.
4.
5.
6.
7.
8.
9.
04:00
10.
11.

about

Psychedelic rock band lined-up in 1984 in São Paulo, they started making a reputation in the underground scene in the next year, when they recorded a demo tape with the songs "Outono", "Dia Eterno", "Declínio de Maio" and "Reflexos da Noite". The tape got heavy rotation on alternative radio stations in São Paulo and Rio de Janeiro.

Building their own sonority by mixing the current tendencies of that time with Floyd/Beatles psychedelia, they rapidly gained attention from audiences and the media. Their concerts, known for their hypnotic atmosphere, became a reference for climatic, spatial sounds.

This debut EP, featuring a shadow-encased psychedelia that managed to attract fans of prog, post-punk and dark/gothic music, were recorded in 1986. it’s a three-track album released by the legendary label, Wop Bop Discos, now rare on vinyl. It includes the songs, Outono, Tropico and Reflexos da Noite, and has became a classic on the Brazilian psychedelic rock scene, earning a cult reputation.

credits

released September 12, 1986

Fabio Golfetti - guitar /vocals
Angelo Pastorello - bass
Claudio Souza - drums

Recorded and mixed at Country Studios, Sao Paulo, in Junho 1986
All compositions by Violeta de Outono

tags

license

all rights reserved

about

Violeta de Outono São Paulo, Brazil

Violeta de Outono (Autumn Violet) is a Brazilian psychedelic / progressive rock band hailing from São Paulo. Influenced by The Beatles, Pink Floyd, Gong, they were originally a post-punk band with some psychedelic elements intertwined, but would gradually drop their post-punk influences and add more prog elements to their sonority as time went by. ... more

contact / help

Contact Violeta de Outono

Streaming and
Download help

Track Name: Outono
No percurso rumo ao prédio oculto
Desolado o sol se põe a oeste
Lua em gancho, triste, sons do vento
Parte o coração, o frio do outono

Canto do extremo do mundo
Espero em silêncio profundo

No jardim noturno o esquecimento
Velha árvore espera o julgamento
Nada explicar meu sentimento
Está em meu coração, o frio do outono

Canto do extremo do mundo
Espero em silêncio profundo
Track Name: Tropico
Na sombra do deserto sobre o mar
Eterna espera em águas de outra era
Meus olhos descongelam, luz do cais
Além do trópico a cidade extinta

Areia esconde a velha cidade
Seus filhos são levados pelos sonhos

De muito longe posso contemplar
Faróis perdidos dragados pelo mar
O céu e a terra tentam se encontrar
O sol ofusca, qual lado devo estar?

De muito longe posso contemplar
O céu e a terra tentando se encontrar
Track Name: Reflexos da Noite
Sei que palavras tentam guiar
Mas o destino vai nos levar
Sem direção mentes fracas em vão
No palco suplicam sem fé, a razão

Quando os sinais vêm avisar
Olhos fechados não brilham jamais
Gritos vazios rasgam o coração
Nada adianta viver ilusão
Track Name: Outono (bonus)
No percurso rumo ao prédio oculto
Desolado o sol se põe a oeste
Lua em gancho, triste, sons do vento
Parte o coração, o frio do outono

Canto do extremo do mundo
Espero em silêncio profundo

No jardim noturno o esquecimento
Velha árvore espera o julgamento
Nada explicar meu sentimento
Está em meu coração, o frio do outono

Canto do extremo do mundo
Espero em silêncio profundo
Track Name: Dia Eterno (bonus)
Silêncio em mim
Espelhos planos
Saídas falsas, vôo, solidão
Só esperando
Vagando em seu olhar
Tudo é deserto, estranho lugar

Você sabe que não temos tempo
Dia eterno, noite escura adentro

Na escuridão
Relembrando planos
Quem se erguerá com o fogo nas mãos?
Adormecido
Eu o vi chegando
Na madrugada o sol vai brilhar

Você sabe que não temos tempo
Dia eterno, noite escura adentro

Seus reflexos, luzes constantes
Apontam pra muito distante

Você sabe que não temos tempo
Tempestades, noite eterna adentro
Track Name: Fim do Começo (Declinio de Maio) (bonus)
Este é o final da sua glória
Espero que fique além da memória
Anjos procurando se esconder
Caídos no abismo, tentam se recolher

O vento sopra e você pergunta
O que pode acontecer
As nuvens fogem e o céu em luta
Você tenta se esconder

Explodem lágrimas, cristais vão flutuar
Não tenha medo, é apenas mais um luar
Figuras mudas queimam sob as flores
Cintilam dez mil sóis de todas as cores

O vento sopra e você pergunta
O que pode acontecer
As nuvens fogem e o céu em luta
Você tenta se esconder
Track Name: Luz (bonus)
Céu sem luz
Irreal
Beleza que não seduz
Beleza que não seduz
Gnomo velho me conduz
Num vôo eterno
E tão fatal

Um corpo cai
Em véus reais
Clama o seu final
Clama o seu final
Imortais nada a mais
Lançam em ti seu sinal
Tarde demais

Descomunal
Brilho em ti
Expele seus raios em mim
Desintegrando-me enfim
Céu e luz
Dissolve o azul
Imagens de um sono irreal
Até o fim
Track Name: Violeta '67 (Reflexos da Noite) (bonus)
Sei que palavras tentam guiar
Mas o destino vai nos levar
Sem direção mentes fracas em vão
No palco suplicam sem fé, a razão

Quando os sinais vêm avisar
Olhos fechados não brilham jamais
Gritos vazios rasgam o coração
Nada adianta viver ilusão
Track Name: Tomorrow Never Knows (bonus)
Turn off your mind, relax and float down stream,
It is not dying, it is not dying

Lay down al thoughts, surrender to the void,
It is shining, it is shining.

Yet you may see the meaning of within
It is being, it is being

Love is all and love is everyone
It is knowing, it is knowing

And ignorance and hate mourn the dead
It is believing, it is believing

But listen to the colour of your dreams
It is not leaving, it is not leaving

So play the game "Existence" to the end
Of the beginning, of the beginning